sexta-feira, 22 de junho de 2012

Nota de Bismarck Maia em resposta à Kátia Freire.


Foto do perfil

Prezados companheiros do FORUM, à todos de Aracati e em especial Katia e Alvaro : 
Recebi com bastante surpresa e com tristeza as palavras sobre minha pessoa, colocadas no mail abaixo, pela Katia.

Antes de mais nada, registro que dela e com ela sempre tivemos o melhor relacionamento, a partir de conhecimento pessoal, sendo-lhe sempre grato pela maneira gentil e cordial que o casal me tratou, e eu a eles. Por meses, passados, acreditamos e planejamos juntos um futuro melhor para nossa terra. Grato também sou pela confiança que tinham neste projeto que poderia me ter como candidato à Prefeito de nossa cidade, o que seria uma honra para mim e creio, para todos que ocupem nobre responsabilidade.

Declarei em várias ocasiões que lutaria como de fato trabalhei ostensivamente para que tivéssemos união entre as lideranças locais, e assim todos juntos, implantarmos as grandes reformas. Sempre disse e reitero: se ganhar uma eleição é muito difícil , mais ainda será administrar o Aracati na situação que agora se encontra.

Nessa caminhada conversei em diversas ocasiões, idas e vindas, com vários de nossos líderes e /ou com nossos representantes formais. Assim foi, por exemplo, com o Sr Ivan Silvério , Deps Zé Ayrton e Dedé Teixeira, Dr. Valdir e esposa , Sra. Regina Cardoso, Vereadores outros, etc... Todos, na boa verdade, podem comprovar minhas intenções, o meu trato, e a palavra dita, acertada, justa e transparente, mesmo aqueles que foram tradicionais adversários, mas que se revelaram bons interlocutores principalmente pelo espírito público que demonstraram ter. Só tive boas impressões. 

Nessas tratativas, e principalmente após confirmação de minha permanência à frente da Setur, todos podem confirmar se por acaso faltei com o bom trato, a ética, a verdade ou algo que possa dar fundamento as palavras abaixo. Peço e rogo também aos interlocutores que informem se me coloquei em defesa de algo que pudesse me beneficiar diretamente, ou se de fato o que sempre defendi foi a união a favor do Aracati e de uma administração técnica, honesta e competente.

Não atribuo nem responsabilizo a quem quer que seja, o fato de termos agora as candidaturas ora apresentadas, embora saiba como se procederam e como de fato aconteceram. Fiz o que esteve ao meu alcance. É a democracia, são as circunstâncias fruto dela mesmo.

Aliás, a união que tanto defendi, seria para não dividir mais ainda a nossa terra, a nossa gente. Todos sabemos como o Aracati se encontra, todos podem contribuir para sua melhora, mas poucos podem se incluir no grupo que não participou ou se beneficiou de forma direta ou indireta da administração atual ou de administrações passadas. O processo livre e transparente da eleição democrática vai deixar claro o quadro de apoiadores e candidatos de todos os lados, e suas histórias. Para mim, por mim e comigo, no entanto, nenhum desses que tiveram esses benefícios espúrios tem história para contar . 

Por fim, espero que minha história de vida, minha conduta pessoal, sejam exemplos maiores em contraponto à adjetivos que julgo não merecer, e que de tão fortes, não coadunam, não "batem" com a excelente, boa e verdadeira relação que mantive com o casal Katia e Alvaro e seu filho, nesses últimos meses. Resta-me, a mesma admiração .

Abraço à todos , Bismarck

Enviado ao Fórum Aracati, Novos Caminhos.

2 comentários:

Sandro Guimarães disse...

Só um detalhe caro colega blogueiro. Não fui eu quem enviou a nota ao Fórum Aracati Novos Caminhos, e sim o próprio Bismarck Maia. Interessante não terem incluído seu nome e e-mail no grupo do fórum pois, tenho notado constantes intervenções suas no próprio fórum e de forma estranha não tens recebido todos os comunicados? Ou tivesse o nome excluído do fórum?

Sandro Guimarães disse...

Obrigato pela correção grande amigo e colega Caio Rocha